21 de jan de 2017

Vídeo flagra Porsche Branco em alta velocidade no Bessa


Um vídeo gravado na madrugada deste domingo (21) por câmeras de segurança da área próxima ao Clube dos Médicos, no Bessa, mostra um carro, modelo Porsche, trafegando em alta velocidade e que seria o mesmo que atropelou o agente do Detran, Diogo Nascimento, de 34 anos.



Fonte: Portal Correio



Substituto de Teori: Temer quer esperar STF definir relator da Lava Jato

O presidente Michel Temer disse a auxiliares que o “cenário ideal” para a escolha do substituto do ministro Teori Zavascki - morto aos 68 anos em acidente de avião na quinta-feira - seria após a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, definir o novo relator dos processos da Operação Lava Jato na Corte.

Além da preocupação de “não atropelar” o Supremo, Temer quer evitar um desgaste político ao escolher o sucessor do ministro. Por ser jurista e professor de Direito Constitucional, assessores dizem que Temer deve fazer uma indicação mais pessoal.

As primeiras sinalizações são de que pode buscar um nome mais técnico para evitar críticas de que pretende interferir nos rumos da Lava Jato. Mas a intenção inicial é dar um tempo para que Cármen Lúcia se reúna com os outros ministros e decida os rumos do caso. “A bola, neste momento, está com eles”, disse um assessor de Temer.



Estadão



Ricardo Coutinho admite crise no sistema penitenciário da Paraíba e critica o governo federal

O governador Ricardo Coutinho (PSB) partiu para o ataque e criticou o governo federal por omissão e falta de planejamento diante da crise no sistema penitenciário. O governador afirmou que a Paraíba não está isenta de uma possível rebelião provocada pela guerra entre facções.

“Eu governo um Estado que está no epicentro dessa crise, onde no estado se fugiu em um dia o que se fugiu em um ano na Paraíba. E vem todo mundo para cá”, afirmou. Coutinho ainda criticou opositores ao seu governo que, segundo ele, “torcem” para que a crise no sistema penitenciário atinja a Paraíba.

“Essa é a realidade da política local”,
Ricardo Coutinho assumiu que a Paraíba tem problemas relacionados à superlotação nos presídios e afirmou que rebeliões podem ocorrer no estado.

“Mas nós estamos enfrentando isso. Temos problemas de superlotação, o Brasil inteiro tem facções organizadas”, afirmou ao Portal MaisPB.

De acordo com o governador, a oposição “manipula e mente” sobre dados relativos à violência. Ele votou a defender a criação do Ministério da Segurança Pública e a federalização do sistema penitenciário. “O que está acontecendo é uma crônica de uma crise anunciada há muito tempo”, pontuou.

O governador destacou que o país não se estruturou para enfrentar o crime organizado. “A federação brasileira está completamente destroçada e joga para os estados, completamente desestruturados, a responsabilidade”, frisou.

Coutinho foi convocado para um reunião com o presidente da República, Michel Temer, na quarta-feira (19), mas o encontro foi adiado.

MaisPB




Perícia vê ‘quebra-cabeça difícil’ na queda de avião com Teori

Os investigadores do Cenipa, órgão da Aeronáutica responsável pela apuração de acidentes aéreos, passaram a sexta-feira entre a água e o aeroporto. Da perícia que será feita nos destroços do avião virá um relatório que poderá apontar ou descartar eventuais falhas mecânicas de uma aeronave moderna, fabricada em 2007 e com todos os documentos em dia. Das entrevistas com testemunhas que viram ou ouviram qualquer detalhe, virá outro relatório. Este, tentando reproduzir em detalhes os últimos minutos do voo antes do choque no mar de Paraty.
Com a caixa preta (já encontrada), todo esse material será juntado para se chegar a uma conclusão sobre a causa do acidente que matou o ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) e outras quatro pessoas, na tarde de quinta-feira. “Um quebra-cabeça difícil de ser montado, porque muita gente diz que viu muita coisa. Precisamos analisar tudo em detalhes”, diz um investigador do Cenipa na condição do anonimato.

Tudo isso fará parte dos inquéritos que estão sendo tocados, paralelamente, pelas polícias Civil e Federal. Há, de fato, controvérsias nos relatos obtidos até aqui. Uma delas em relação às condições climáticas. Outra sobre a manobra que o avião teria tentado antes de cair na água.

João Paulo Vilella, operador do aeroporto, disse aos investigadores que o experiente piloto Osmar Rodrigues – de 56 anos e 30 de profissão, mais de 20 pousando em Paraty – telefonou por volta das 11h15 informando que sairia do Campo de Marte e desceria na pista entre 13h30 e 13h40. Disse também que perto deste horário pode ouvir Mazinho (como o piloto era conhecido) se comunicando normalmente com pilotos de outras aeronaves.

Esta, aliás, é a única forma de comunicação, já que o aeroporto não tem torre de comando e nem controladores de voo. “Os pilotos se organizam nesse sobe e desce”, diz o gerente do aeroporto, Elber Emanuel Dedini: “Esse aqui era o caminho da roça para o Mazinho. É um lugar onde ele pousava há quase 20 anos”, completa.

João Paulo conta que, logo depois que a aeronave passou pela Serra de Paraty, levantou-se para buscar um guarda-chuva. “Na mesma hora em que ele se aproximou, começou a chover forte. Fui esperar ele fazer o retorno na baía, mas comecei a achar estranho que ele não voltava”. Inicialmente, achou que a aeronave havia arremetido em virtude da chuva forte que acabara de começar e seguido até cidades próximas como Angra dos Reis ou Ubatuba. O rádio pelo qual conseguia ouvir os pilotos, mas não falar, já não falava mais nada. Logo começaram as ligações indicando a queda de um avião.]

 Ninguém esperava que fosse a aeronave pilotada por Mazinho: “Já vimos ele pousar em condições muito piores do que a que estava”, diz o funcionário. As condições climáticas no aeroporto não eram exatamente as mesmas que na água. Três barqueiros ouvidos por VEJA relatam que chovia, sim, no momento da queda. “Era uma chuva normal. O avião foi baixando, e eu avisei que ia cair. Vi uma fumaça branca que parecia a esquadrilha da fumaça. Ele passou por cima da gente, depois veio girando pra direita, bateu com a asa na água e caiu”, garante Célio de Araújo, de 55 anos.

Para algumas testemunhas ouvidas pelos investigadores, a visibilidade havia sido reduzida a quase zero na hora do acidente. Uma hipótese levantada por especialistas é a de que o piloto teria tentado fugir da chuva, descido demais com a aeronave para tentar enxergar a pista (que estava a pouco mais de dois quilômetros) e batido na água.




Fonte: Veja



Ministro Teori Zavascki é sepultado em Porto Alegre

O ministro do STF Teori Zavascki, morto em um acidente aéreo na quinta-feira (19) em Paraty, foi sepultado às 18h15 deste sábado (21) em Porto Alegre.

Antes do sepultamento, foi realizada uma cerimônia fúnebre na Capela do cemitério Jardim da Paz, na zona leste da cidade. A missa de corpo presente, realizada pelo arcebispo de Porto Alegre, dom Jaime Spengler, foi restrita à família e a convidados.

Os ministros do STF Ricardo Lewandowski e Edson Fachin acompanharam a cerimônia. O cortejo fúnebre de 15 km foi escoltado por três viaturas da Polícia Federal. Cerca de 70 pessoas acompanharam o enterro.

O esquife com o corpo de Zavascki foi conduzido até a sepultura por soldados do corpo de guarda do Batalhão Osório, da cavalaria do Exército. Um toque marcial de três clarins anunciou o enterro do ministro.



Flávio Ilha
Colaboração para o UOL, em Porto Alegre 

Sem o apoio do PMDB: Lira deixa nome à disposição para disputar governo em 2018 e diz ter apdoo de Ricardo Coutinho

Falando nisso, o senador Raimundo Lira revelou que o seu desejo nas eleições de 2018 é se candidatar à reeleição para vaga do Senado.

O peemedebista, porém, deixou seu nome às ordens do partido para concorrer ao governo da Paraíba.

“Sou um agente político do PMDB e, se o partido e as pesquisas apontarem que eu tenho condições de concorrer com governador, eu fico à disposição. O importante em uma candidatura dessas é analisar as pesquisas eleitorais”, avaliou sem contar com o apoio de Zé Maranhão e a maioria da cúpula do partido.

Em entrevista concedida ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, afirmou que, caso sua candidatura aconteça, espera contar com o PMDB unido e também com o apoio do governador Ricardo Coutinho (PSB).

“Com certeza quero o seu apoio. Hoje, Ricardo é o governador que tem a maior aprovação do Brasil, fechou o ano com superávit fiscal, com dinheiro sobrando no caixa, sem atrasar obras ou salários, coisa que aconteceu em poucos estados”, disse.




Polícia apreende carro de neto de dono da TV Cabo Branco e Paraíba que atropelou agente da lei seca para fugir de blitz


Diogo Nascimento coordenador de blitz na lei seca em JPA, no bairro do Bessa na madrugada deste sábado 21/01/2017 foi violentamente atropelado possivelmente pelo neto do dono da TV Cabo Branco, José Carlos Jr. A placa do carro de modelo Porsche ficou no local com o impacto do atropelamento: PBX 0909.

Na tarde de hoje, agentes da polícia civil apreenderam o carro de luxo usado pelo atropelador, mas não prendeu o mesmo.

Ninguém do grupo São Braz,  TV Paraíba ou da TV Cabo Branco se pronunciou sobre o ocorrido. Ricardo de Oliveira Carlos da Silva, filho de José Carlos da Silva Júnior nascido em 07/12/1963 é o provável pai do atropelador e proprietário do veiculo. Rodolfo Carlos, filho do Ricardo, atrpelou o agente que continua em estado gravíssimo no HTJPA.

Recentemente os repórteres da emissora, Bruno Sakauê e Laerte Cerqueira, cobraram firme quando um policial baleou e matou um homem que reagiu e tentou fugir de uma blitz também em João Pessoa, deixando claro a linha editorial da emissora de "apurar tudo direitinho e com rigor".

Nas mídias sociais os dados do veiculo e do dono possivelmente pai do atropelador, conhecido como Ricardo Carlos, da família, endereço e demais dados estão expostos.

O cidadão que atropelou por tentar não ser pego por embriaguez segundo testemunhas, deve assumir seu erro e pagar pelo crime e ter sido responsável por expor a família à uma situação dessas, pois, os pais não o incentivaram a matar ou tentar, fato Fato é que houve intenção de matar quando Rodolfo Carlos bebeu, pegou um veículo e assumiu os riscos de fugir de uma blitz que o pegaria em estado de embriaguez segundo agentes de trânsito e demais testemunhas no local.

A lei deve alcançar o atropelador e não ficar impune. Tenha dinheiro ou não. Seja neto do dono de uma das emissoras de TV mais assistidas da PB TV Cabo Branco).






Rebelião em presídio de Santa Cruz do Capibaribe em PE deixa 13 feridos e um morto

Motim foi iniciado na manhã deste sábado (21) e controlado, conforme a PM. Parentes dos detentos fecharam PE-160 em Santa Cruz do Capibaribe.


Dententos iniciaram uma rebelião na manhã deste sábado (21) no presídio de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste de Pernambuco. A informação foi confirmada pela Polícia Militar. Treze presos ficaram feridos e um morreu, de acordo com a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres).

Uma sindicância será aberta pelo governo do estado para investigar o caso.

A polícia ainda não sabe informar a causa da rebelião e disse que o motim já foi controlado. Parentes de presos fecharam parte da PE-160 em protesto. Os familiares estão na frente da unidade prisional aguardando informações sobre os dententos.
O presídio estava com 447 presos e a capacidade é para 186, segundo o Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário (Sindasp).

Três agentes penitenciários estavam de plantão e a rebelião aconteceu no pavilhão, conforme o presidente do Sindasp, João Carvalho.

Inaugurado em 2015

O presídio foi inaugurado em 10 de julho de 2015. A unidade conta com 22 celas com capacidade total para acolher 186 reeducandos. O presídio fica no quilômetro 14 da PE-60 e ocupa uma área de 8.000m², sendo 1.473m² de área construída.



Parentes de dententos bloquearam PE-160  (Foto: Ney Lima/Divulgação)
Parentes de dententos bloquearam PE-160 (Foto: Ney Lima/Avant Midia)
Policial militar ficou ferido durante rebelião no Agreste de PE (Foto: Ney Lima/Divulgação)
Policial militar ficou ferido durante rebelião no Agreste de PE (Foto: Ney Lima/Avant Midia)
Presos foram atendidas pelo Samu após rebelião em presídio (Foto: Ney Lima/Avant Midia)
Presos foram atendidas pelo Samu após rebelião em presídio (Foto: Ney Lima/Avant Midia

Do G1 Caruaru

Neto do dono do São Brás, TV Paraíba e Cabo Branco, fura blitz atropela agente da Lei Seca em JP


Um homem dirigindo um veiculo Porsche branco, furou a blitz da Operação Lei Seca na madrugada desse sábado, 21, em frente o Clube dos Médicos, no bairro do Bessa, na Capital.

De acordo com informações policiais, o
condutor do Poscher de cor branca, placas PBX-0909 DF, não obedeceu à ordem de parada, atropelando o agente Diogo Nascimento de Souza, que foi socorrido em estado grave por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), para o Hospital Estadual de Emergência e Trauma, senador Humberto Lucena, em João Pessoa.


Segundo o delegado plantonista, Marcos Vasconcelos, com o impacto da batida, a placa do carro se soltou.

"Nós não podemos afirmar que o proprietário do veículo estava dirigindo, muitas vezes a pessoa vende o carro, empresta e acontece alguma coisa, mas o proprietário deverá ser chamado à Delegacia de Acidentes de Veículos, para prestar esclarecimentos", informou o delegado.

Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será encaminhado para a Delegacia de Acidentes de Veículos.  Segundo a Polícia Militar, o agente sofreu traumatismo craniano, perdeu muito sangue e seu estado de saúde é grave.

De acordo com o último boletim divulgado pelo Hospital de Trauma da capital, a vítima de 34 anos, passou por procedimentos médicos de urgência e emergência e seu quadro clínico é considerado grave.

Diogo o atropelado
Guarnições saíram em perseguição ao veicpolo atropelador, mas não conseguiram alcançar o carro de luxo, que conseguiu fugir da cena do crime.

Com a violência do impacto, uma das placas caiu e a policia informou que o Porsche está em nome de Ricardo de Oliveira Carlos da Silva, 53 anos, filho José Carlos da Silva Junior, proprietário do Grupo São Braz e Rede Paraíba de Comunicação, isto é, TV Paraíba e Cabo Branco.

A policia recebeu informações, que o condutor do Porscher seria Rodolfo Carlos, neto do dono do Grupo São Braz e saiu do Restaurante lppon.


Esse caso vai entrar na lista de crimes movidos por mororista incompetente, que atropela e es vezes mata, se evade do lugar para livrar o flagrante, depois se apresenta na delegacia com um bom advogado e sai pela porta da frente com o cheiro da impunidade, se for riquinho, em especial se for filhinho de papai.

Rodolfo Rodrigues o atropelador 



grave.

Imoral: Após confusão, Conselho aprova tarifa de "R$3,00" apartir segunda feira em Campina

Após confusão e tumulto na sede da STTP, que chegou a ser invadida por manifestantes, provocando a suspensão temporária da reunião do Conselho Municipal de Transportes, o grupo de trabalho analisou as planilhas apresentadas pelo Sitrans, que pedia o aumento de R$ 2,75 para R$ 3,10 da tarifa de ônibus em Campina Grande, terminando por aprovar, conforme esperado, o valor de R$ 3,00.

A nova tarifa deverá passar a vigorar a partir da zero hora da próxima segunda e, por força de uma liminar concedida pela justiça em dezembro, o prefeito Romero Rodrigues não poderá interferir no valor da passagem.

Vale lembrar que a Procuradoria Geral do Município informou que já recorreu dessa decisão, para que o chefe do poder executivo possa voltar a ter a palavra final sobre a tarifa.
De acordo com o superintendente Félix Araújo Neto, em conversa com o www.lenildoferreira.com.br, “durante as negociações, a autarquia exigiu do Sitrans uma contrapartida social de quarenta novos abrigos, além de uma renovação de 10% da frota, por ônibus zero quilômetro”.
(www.lenildoferreira.com.br)

20 de jan de 2017

Suicídio: Homem se joga em linha férrea e tem corpo partido ao meio em JP

Um desempregado de 34 anos cometeu suicifio, se jogando na linha férrea e morreu ao ser atingido por um trem no bairro Alto do Mateus na Zona Oeste de João Pessoa, na noite desta sexta-feira (20). Segundo o capitão Sidnei, do 1° Batalhão da Polícia Militar, a vítima morava no bairro onde o fato ocorreu.

Conforme testemunhas, vinha consumindo bebida alcoólica desde a quarta-feira (18), reclando de humilhações que sofria de sua mãe, que sempre o expulsava de casa por causa do vício.

O homem teve morte instantânea e não foi possível receber socorro de profissionais de saúde, porque o trem decepou seu corpo ao meio.

De acordo com a PM, o trem que o atingiu não parou e seguiu viagem.

Até o fechamento desta matéria, o corpo do desempregado permanecia no local da ocorrência, onde seria realizada uma perícia.




Com Portal Correio


Colunista de O Globo já coloca Cássio como vice-presidente do Senado


O jornalista Ilimar Franco, que assina a coluna Panorama Político do jornal O Globo, já coloca o senador paraibano Cássio Cunha Lima como o futuro vice-presidente do Senado.

Em sua coluna publicada na edição de hoje do jornal, Ilimar fala também que Cássio não descarta a possibilidade do acidente aéreo que vitimou o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, ter sido um atentado.

Veja abaixo o trecho da coluna que fala sobre o senador tucano.




Fonte: Paraíba Já.



Avião que caiu em Paraty tinha gravador de voz, diz Força Aérea

A força Aérea Brasileira (FAB) informou na tarde desta sexta-feira (20) que o avião que caiu em Paraty, no Rio de Janeiro, e que vitimou o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), tinha um equipamento chamado “voice recorder”, ou seja, um gravador de voz.

Uma equipe de militares da FAB iniciou nesta sexta investigação no local do acidente aéreo.. A primeira fase da apuração consiste na coleta de dados no local da tragédia.

O gravador de voz pode ser fundamental para esclarecer o que provocou a queda do avião. O equipamento passará por perícia para que os investigadores descubram se ele estava ligado e registrou conversas durante o voo.

Além da investigação conduzida pela FAB, há outras duas em curso: uma aberta pelo Ministério Público Federal (MPF); e uma conduzida pela Polícia Federal. MPF e Polícia Federal irão apurar se houve eventual intenção deliberada de derrubar o avião.A investigação da FAB está na chamada “fase de ação inicial”, quando há a coleta de dados. Nessa etapa, os militares analisam os destroços, buscam indícios de falhas, levantam hipóteses sobre a performance da aeronave nos momentos finais do voo, fotografam detalhes e retiram partes da aeronave para análise, se for o caso.

Depois da fase inicial de coleta de dados, a investigação prossegue com a fase de análise dos dados, explicou a FAB.Nessa fase, os investigadores analisam o material coletado e leva em conta diversos fatores contribuintes para o acidente: fatores materiais (sistemas da aeronave e projeto, por exemplo); fatores humanos (aspectos médicos e psicológicos); ou fatores operacionais (rota, meteorologia etc).

Segundo a FAB, não é possível estabelecer um prazo para o fim das investigações conduzidas pelos militares, já que tudo dependerá da complexidade do acidente.

Blog do Gordinho



Cássio diz que ministro Teori Zavascki era potencial “alvo de atentados”

O senador Cássio Cunha Lima foi dos primeiros parlamentares a se manifestar, segundo O Globo, após a confirmação da morte do ministro Teori Zavascki (Supremo Tribunal Federal). O líder do PSDB cobrou uma investigação aprofundada e não descartou a possibilidade de sabotagem, diante do papel estratégico que ocupava como relator de todos os processos da Operação Lava Jato.

E entrevista ao colunista Ilimar Franco, o senador afirmou: “Nenhuma linha de investigação pode ser descartada, falhas ou sabotagem. Ele (Teori Zavascki) é potencial alvo de atentados, assim como todos que estão à frente da Lava Jato.” Zavascki estava na iminência de homologar, inclusive, a delação de Marcelo Odebrecht, considerada umas das explosivas.

Zavascki viajava de carona no avião do empresário Carlos Alberto Filgueiras, dono do Hotel Emiliano (Angra dos Reis), que também morreu no acidente.


Blog Helder Moura



Cartaxo fixa em R$ 3,20 nova tarifa das passagens de ônibus de JP

Após receber a proposta dada pelo Conselho de Mobilidade Urbana de João Pessoa (CMNU) para aumentar as passagens de ônibus para R$ 3,30, o prefeito Luciano Cartaxo (PSD), baixou a sugestão e definiu em R$ 3,20 o novo valor da tarifa. Atualmente as passagens de ônibus na Capital custam R$ 3.O novo valor começa a vigorar a partir de domingo (22).

De acordo com o secretário de Comunicação do Município, Josivaldo Pereira, o prefeito decidiu reajustar a passagem de acordo com a inflação. “O conselho ofereceu uma proposta de R$ 3,30 e o prefeito determinou que seja fixado em R$ 3,20 repondo a inflação”, disse.

O parâmetro usado foi o de reposição do índice anual da inflação. Além disso, Luciano Cartaxo disse que exigiu também que os consórcios que operam o sistema de transporte público na Capital promovam a renovação na frota e que melhore a qualidade dos serviços.

O critério adotado pelo prefeito Luciano Cartaxo para definir o preço da passagem de ônibus na Capital é o do equilíbrio. Recompõe custos para que as empresas possam continuar prestando o serviço dentro dos padrões exigidos pela administração e não onerar o usuário, já que o reajuste é um dos menores de todas as tarifas públicas.

Nas duas planilhas analisadas pelo Conselho Tarifário as propostas eram de aumento das passagens acima do índice inflacionário. Numa delas, a tarifa subiria 45 centavos, ficando em R$ 3,45. Noutra, a proposta de aumento seria de 33 centavos, ficando em R$ 3,33. O valor aprovado foi de R$ 3,30, mas o prefeito, no entanto, reduziu este valor para R$ 3,20.

Após receber a proposta dada pelo Conselho de Mobilidade Urbana de João Pessoa (CMNU) para aumentar as passagens de ônibus para R$ 3,30, o prefeito Luciano Cartaxo (PSD), baixou a sugestão e definiu em R$ 3,20 o novo valor da tarifa. Atualmente as passagens de ônibus na Capital custam R$ 3.O novo valor começa a vigorar a partir de domingo (22).

De acordo com o secretário de Comunicação do Município, Josivaldo Pereira, o prefeito decidiu reajustar a passagem de acordo com a inflação. “O conselho ofereceu uma proposta de R$ 3,30 e o prefeito determinou que seja fixado em R$ 3,20 repondo a inflação”, disse.

O parâmetro usado foi o de reposição do índice anual da inflação. Além disso, Luciano Cartaxo disse que exigiu também que os consórcios que operam o sistema de transporte público na Capital promovam a renovação na frota e que melhore a qualidade dos serviços.

O critério adotado pelo prefeito Luciano Cartaxo para definir o preço da passagem de ônibus na Capital é o do equilíbrio. Recompõe custos para que as empresas possam continuar prestando o serviço dentro dos padrões exigidos pela administração e não onerar o usuário, já que o reajuste é um dos menores de todas as tarifas públicas.

Nas duas planilhas analisadas pelo Conselho Tarifário as propostas eram de aumento das passagens acima do índice inflacionário. Numa delas, a tarifa subiria 45 centavos, ficando em R$ 3,45. Noutra, a proposta de aumento seria de 33 centavos, ficando em R$ 3,33. O valor aprovado foi de R$ 3,30, mas o prefeito, no entanto, reduziu este valor para R$ 3,20.



Blog do Gordinho




Inicio / Contatos: Facebook / 083-987052042 ou 981472340

Seguidores