Compartilhar ai vai!

Após críticas de Ricardo em defesa de Cuba, Cássio envia nota sobre ‘Mais Médicos’ e contra a Ditadura Cubana

Após críticas de RC, Cássio envia nota sobre ‘Mais Médicos’


Após críticas do governador Ricardo Coutinho (PSB) a sua proposta de acabar o repasse dos salários dos médicos cubanos  que participam dos ‘Mais Médicos’ direto ao governo cubano, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) escreveu nota sobre o caso. De acordo com o tucano, está acontecendo um processo de “manipulação de informações”  sobre o programa.

De acordo com Cássio, o repasse de recursos a Cuba e não aos profissionais da medicina, fere frontalmente os princípios democráticos brasileiros.

“Para se ter uma ideia, o Brasil paga R$ 10.400 por cada médico à  ditadura cubana. Cuba repassa apenas R$ 3.120 para cada médico em serviço no Brasil. O Brasil já havia transferido para a Ilha, até agosto de 2014, um montante superior a 1,6 bilhão de reais, o que equivale a um terço do valor total investido pelo governo brasileiro na construção, reforma e ampliação de hospitais, postos de saúde e UPA’s no ano anterior” ,  detalha o tucano.

De acordo com Cássio, os salários deveriam ser  pagos diretamente aos profissionais ou, então, destinados para que estados e municípios contratem médicos para suprir o déficit existente.

Cássio disse que não tem nada contra o povo cubano, é contra a ditadura instalada naquela ilha o financiamento que o governo federal patrocina àquele regime.


Fonte: MaisPB




Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.