Compartilhar ai vai!

Promotor e terroristas morrem em sequestro

Imagem de promotor com arma apontada na cabeça foi divulgada pelas agências internacionais. Promotor e sequestradores morreram em ação da polícia (reprodução)
A polícia turca matou os sequestradores do promotor Mehmet Selim Kiraz, que investigava a morte de uma vítima das manifestações do parque Gezi. Kiraz foi ferido gravemente e também não resistiu.

“Fomos pacientes durante seis horas e fizemos tudo o possível, mas escutamos disparos dentro da sala em que estavam os terroristas e a polícia lançou a operação”, disse o chefe da polícia, Selami Altinok.

Uma imagem com um homem armado apontando para a cabeça do promotor foi divulgada nas redes sociais. Atrás dos dois pode ser vista na parede uma bandeira do Partido-Frente de Libertação Popular Grupo Marxista Revolucionário (DHKP-C).

A vítima sobre a qual o promotor investiga a morte é Berkin Elvan, que morreu em 11 de março de 2014 depois de passar 269 dias em coma em consequência de uma granada de gás lacrimogêneo lançada pela polícia durante uma manifestação em junho de 2013 em Istambul.

O menino foi atingido na cabeça quando ia comprar pão, e morreu em março de 2014, o que gerou uma onda de indignação na Turquia.

O promotor Kiraz assumiu a investigação do polêmico caso há seis meses.

Entre as reivindicações dos sequestradores, estava a confissão ao vivo dos policiais suspeitos de matar o menor durante as manifestações. Além disso, eles exigiam que as autoridades assegurassem uma saída segura dos sequestradores do Palácio da Justiça.

com agências






Nenhum comentário

Aviso: Os comentários serão moderados...

Tecnologia do Blogger.